Projeto de Lei pode implementar nova função a cobradores de ônibus

Na tarde de ontem (24), recebemos trabalhadores do transporte público de Curitiba, que trouxeram a ideia de instituir, em Curitiba, Projeto de Lei que cria o cargo de AGENTE DE BORDO para os então cobradores de ônibus, a exemplo do que já acontece em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. Há um motivo forte para isso. Em nosso município, cerca de 5 mil trabalhadores e trabalhadoras correm o risco de perder seus empregos devido à implementação das catracas eletrônicas.

Os e as agentes de bordo prestam serviços aos usuários e usuárias do transporte: conduzir e zelar por cadeirantes – inclusive operar o elevador para eles –, idosos, pessoas com problemas de mobilidade física, fornecer informações, controlar o embarque e desembarque de passageiros e passageiras nos horários de pico, serviços que se mostram extremamente necessários para aumentar a atenção e a segurança no trânsito.

Assim, o objetivo é levar este Projeto para a Câmara Municipal de Curitiba, apontar sua relevância, tanto para quem utiliza o transporte público quanto para os trabalhadores e trabalhadoras que ficariam desempregados caso a função de Agente de Bordo não seja aprovada e executada.

ENQUETE

E você, o que acha disso? Acredita que esta iniciativa é importante para a cidade, para cidadãos e cidadãs? Responda, nos comentários, número 1, para SIM, e número 2, para NÃO.

– 1, SIM. Utilizo o transporte coletivo e acho que precisamos de apoio para termos mais segurança, conforto no interior do veículo e atenção no trânsito, além de garantir trabalho para os trabalhadores e trabalhadoras da cidade.

– 2, NÃO. As catracas eletrônicas dão conta do trabalho, não acredito que seja necessário implemento de nova função.

 

2 comentários sobre “Projeto de Lei pode implementar nova função a cobradores de ônibus

  1. Minha resposta é sim, mas não consigo votar
    • Olá, Daniel. Conseguiu, sim. Muito obrigada por sua participação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*